A depressão da Lua

Estaticamente parada, encostada em uma parede de tijolos e com e mente completamente distante, na lua.
É bem complicado receber uma notícia como essa e ainda por cima permanecer com os olhos secos, com a fala mansa e o coração batendo normalmente. 
Não, ninguém morreu, se é isso que você está pensando.
Hoje Lua acordou às 5:30h, como de rotina, fez suas orações, tomou banho, arrumou o cabelo, passou um protetor solar no rosto e uma maquiagem para cobrir as olheiras, vestiu-se com seu terninho, sua saia e seu scarpin preto para ir trabalhar. Passou na cafeteria da São Brás que tinha na esquina de casa e pegou um café preto com açúcar e seguiu. O dia estava nublado, havia uma sensação de que algo iria acontecer naquele dia. 
Lua não tinha muitas pretensões na vida, não sonhava muito e era muito reservada. Tinha poucos amigos com quem contar e confiava em apenas uma amiga. Gostava de assistir todo tipo de filme e se refugiava ali, e nos livros. Sua vida era dividida entre trabalho, biblioteca/livraria e cinema.
Ela tinha uns problemas, que serão falados mais a frente, e isso fazia com que ela combinasse perfeitamente com seu nome. Ela ficava longe, fria, sem brilho próprio e sem se mexer.
Havia um rapaz que ela sempre via na livraria, o nome dele era Stênio. Com essa escrita mesma aí. Lua descobriu em uma vez que ele deu um bilhetinho para ela com indicação de três livros de ficção e no final tinha a assinatura dele. Ela estava apaixonada por ele e tinha todo o cuidado de deixar claro que não era, por puro medo de ele nunca mais falar com ela. Ela tinha um problema em se achar menos que outras pessoas. Feia demais, desarrumada demais, pouco inteligente demais, desastrada demais, nerd demais... essas coisas.
Nas últimas semanas Stênio falou menos com ela - não que eles falassem muito. Ele dava "oi" e as vezes perguntava o que ela estava lendo, ou o que pretendia comprar... suas conversas era voltadas mais para livros. As vezes ele passava e dizia "legal esse livro" como na vez em que ela estava lendo Star Wars ou O Hobbit - essa semana ele só disse "oi" e ela respondeu com o sorriso sem graça de sempre, mas ele passou direto depois disso. Nada de conversas sobre livros, nada de comentários sobre determinado livro ser bom... apenas o "oi" rotineiro de sempre. Sem sorrisos, sem nada.
Lua foi na livraria mais vezes que o normal nessas duas semanas, mas nada mudou. 
Quando ela chegou na livraria hoje, disposta a chamar Stênio para puxar qualquer assunto - sim, ele quem sempre puxa. Ela nunca falou mais do que responder as perguntas dele - ela não o encontrou. Ficou um pouco desolada. Ele trabalhava lá havia quase um ano, o que poderia ter acontecido? 
Ela foi para casa, trabalhou em seu projeto por horas e resolveu ir lá de novo. E pronto, ela recebeu a pior notícia que poderia ter recebido em sua pacata vida.
A grande massa populacional provavelmente acharia um besteira. Que notícia besta, não é? Para ela não era. Era a pior notícia que ela poderia receber. Ela apenas sorriu, balançou a cabeça e saiu. Andou sete quarteirões para a direção oposta de sua casa e entrou em um restaurante rústico de comida francesa que estava funcionando há uma semana. A fila estava grande, ela perguntou onde era o o toilette e seguiu. Era uma cabine única, com uma privada, um espelho, uma pia pequena com água fria e quente e uma enorme parede de tijolinhos. Ela encostou, ficou lá, com os olhos secos, com o rosto sereno o o coração tranquilo. Em compensação, sua mente estava como mil fios de voltagens diferentes voando de um lado para o outro, a ponto de dar um curto circuito. 
Lua tinha depressão.
A culpa não era totalmente de Stênio e nem totalmente dela.
A culpa era da solidão.
Drica estava ligando para o telefone dela, ela não atendeu... Mas Drica sabia onde encontrá-la. 
Ela sempre ia para lá quando qualquer coisa acontecia.
Aquele banheiro já havia sido seu quarto... Há 20 anos.
Ela escorreu pela parede e sentou no chão. Lá estava Lua...
Era "apenas" a depressão.

0 comentários:

Deixe seu comentário

Deixe aqui seu comentário! o/

P.S.:¹ Leia o post antes de comentar :D
P.S.:² Seja sempre respeitoso e educado, ou seu comentário será removido. :B