O clamor (hipócrita) por respeito

Nossa, como relutei para falar desse assunto, mas não deu pra segurar. Então resolvi postar na minha ferramenta favorita de "desabafo". Eu quero dizer logo aqui no início que isso é um texto totalmente de opinião, não estou interessada em mudar o pensamento de ninguém e se você não quer saber minha opinião, por favor, feche esta aba do seu navegador. Eu sei muito bem a diferença entre opinião e respeito, sei muito bem a diferença entre liberdade de expressão e de opressão eu sei o que é aceitar, respeitar e concordar. Se nada disso importa para você, get out of here!

Pois é, o título diz muito sobre o que vou falar. Eu vou falar sobre o respeito e sobre a hipocrisia e sobre as máscaras que cobrem as caras-de-pau das pessoas.
Esses dias aconteceram muitas coisas "polêmicas" (nem são tão polêmicas, as pessoas que polemizam demais) e eu resolvi que ia ficar quieta no facebook. Mas, daí... ontem teve a parada gay. Coisa que eu nunca toco no assunto, não me importo, sempre fico calada, evito ao máximo o assunto... 
"Ah, mas porquê você evita?"
Bem simples a resposta: Eu sei respeitar as coisas. Eu fico sempre calada pensando que as pessoas possuem seus motivos e pensando que esses assuntos não tem nada a ver comigo, fico pensando que não podemos ser radicais de nenhum lado e que devemos buscar acertar as coisas e não sair brigando por aí. Okay, até aí tudo bem. 
Então teve o assunto da estudante de Direito, Vaniela, e desde que ela reapareceu que formei minhas opiniões a respeito do que realmente tinha acontecido, conversei com apenas algumas poucas pessoas sobre isso e morreu o assunto porquê eu achei que não adiantaria de nada especular, a polícia já estava investigando. Depois quando a polícia revelou o que realmente aconteceu surgiu uma onda de pessoas para xingar a moça, dizer coisas terríveis e apontar o dedo. Eu sou totalmente contra o que ela fez, mas eu não tenho nada a ver com isso, é com ela e a polícia e a família dela. As pessoas que se preocuparam e choraram e oraram por ela e tudo o mais têm até motivos para se chatearem, mas quando começam os xingamentos e a falta de respeito, essas atitudes de revolta se tornam tão ruins quanto a atitude dela (e piores). 
Quanto ao caso de "O boticário" mais uma vez me calei. Não concordo com isso de boicote mas fiquei calada e não me pronunciei. Já tinha gente demais falando suas opiniões e boa parte já falavam o que eu concordava. A propaganda já está feita, o dinheiro já foi gasto e com o dinheiro que talvez você comprou nos meses passados lá, e aí? Tem muitas outras marcas que fazem pior e não fazem propaganda alguma. Se a gente for parar de comprar por causa das propagandas, a gente vai ter que viver sem comprar mais nada daqui a alguns anos. Vamos ter que trabalhar para produzir nosso próprio alimento industrializado, nossa roupa, nossa coca-cola... enfim. 
Mas aí, quando foi ontem, houve a parada gay. Um monte de gente foi, muito mais impulsionados e ferozes depois de toda a polêmica do boticário, muito mais revoltados e achando mais ainda que os crentes são uns homofóbicos de uma figa que só sabem condenar e mandar para o inferno e que vivem uma vida de hipocrisia onde pregam o amor e dissimulam o ódio. Pois é, foi assim que as pessoas foram para a parada gay. As pessoas conseguiram impulsionar eles ainda mais. E não falo apenas de gay, pois muitos héteros foram e estavam tão ferozes quanto! Até aí, tudo bem. Eu não fui (por vários motivos), felizmente eu moro longe então não me incomodou em nada. Beleza.
Daí quando abro o Facebook, esta imagem: 



O que viria a ser isso? 

Eu vi várias pessoas revoltadas e outras defendendo. As que defendiam diziam que isso era uma maneira de mostrar que os cristãos estão crucificando o pessoal LGBT e esse tipo de coisa. Diziam que era uma maneira muito profunda, uma demonstração do sofrimento que os gays passam nessa sociedade. Já os cristãos, revoltados e inconformados clamavam "E a Cristofobia, pode??"

Agora, acho que cheguei ao ponto que queria. Sim, eu escrevo muito. Se chegou até aqui, não pare então.
Eu sou cristã sim, acredito na bíblia e sigo a palavra de Deus e seus ensinamentos. Na minha bíblia fala que homossexualidade não é certo, e há várias explicações para isso, e eu concordo com a bíblia. Talvez algumas pessoas fiquem admiradas agora, já que quando eu falo com pessoas homossexuais eu as trato normalmente, não as julgo, quando falam de homossexuais para mim eu logo não os vejo como "os gays" mas como "os seres humanos", resumindo, os trato como pessoas normais. Eu não tô pouco me importando com o que eles fazem. Eu não concordo com o ato, mas respeito. E não venha me dizer que o fato de eu não achar que as pessoas já nascem homossexuais não é uma opinião mas sim um desrespeito e blábláblá porquê não há como ninguém provar que as pessoas já nascem homossexuais. Existem pessoas que desde pequenas possuem uma tendência, mas é tudo por causa da vivência, nada acontece por "acaso". É nisso que eu acredito, e se você acredita o oposto, ok. Não posso mudar sua opinião e nem estou interessada nisso, apenas quero que respeite a minha também. 
Eu não sou obrigada, não podem me forçar a concordar. E o meu respeito, eu sou de graça. Trato todos iguais, como seres humanos, da mesma raça que eu. Eu posso dizer com toda a convicção que não sou homofóbica, apesar de não concordar com a prática homossexual. Eu respeito, eu digo que respeitem assim como devemos respeitar a qualquer SER HUMANO. Acho que já deu pra entender né? Enfim, acho que as discriminações começam sabe quando? Quando começam a buscar os direitos específicos. Não precisa de existir lei que proteja os homossexuais de agressões porque nenhum SER HUMANO deve ser agredido. Não precisam de leis que garantam direitos financeiros aos gays porquê eles são tão e mais inteligentes que eu, podem estudar normalmente, trabalhar e ter suas vidas! O mesmo acontece que mulheres, negros, pobres. A diferença é que as vezes o pobre não tem as mesmas condições de conseguir determinadas coisas e por isso eles precisam de um apoio do governo. Fora isso, as pessoas normais podem seguir suas vidas e fazerem o que for preciso. Isso serve para qualquer ser humano, gente! Somos uma raça e obviamente temos nossas diferenças mas ninguém é obrigado a aceitar nada, apenas a respeitar e acreditem, respeitar não dói nada. O que dói é ver pessoas que gritam todos os dias em busca de respeito e na primeira oportunidade que têm pegam e desrespeitam os outros! Utilizar a imagem de Jesus Cristo para expressar coisas que Ele não concordava é falta de respeito, gente. É uma tremenda falta de respeito. A morte de Jesus Cristo na cruz, após se açoitado, após ter sofrido grandemente sem ter feito nada de errado, não pode ser levado como uma brincadeira e nem mesmo como um "ato de protesto". É uma coisa sagrada, e se não é para alguns, é para outros. Ainda que as pessoas não acreditem em Deus, Jesus Cristo viveu sim, e há provas. Caso você não acredite nele como o filho de Deus pelo menos o veja como o cidadão exemplar que era. O homem de caridade que ajudava as pessoas e ensinava coisas com sabedoria. Tem gente que se comove mais com o sacrifício dos judeus no holocausto (eu me comovo bastante) mas não sentem nada com o sacrifício de Cristo. Gente... isso é muito sério. Não se brinca com a morte dos outros, com a vida das pessoas, com o sofrimento alheio. A cada dia que passa a gente precisa aprender a possuir a palavra que mais estou falando nesse texto. RESPEITO.
Podem haver as ideologias que hajam por trás, é falta de respeito. Magoa! 
Se você não acredita em Jesus e nem no que Ele veio trazer a palavra de Deus e pregar o evangelho de paz e amor. Se você não acredita, é um direito seu. Ele deu o livre arbítrio para as pessoas acreditarem ou não e eu não vou forçar ninguém a crer no mesmo que eu, mas respeitar. Assim como respeito todos, independente de raça, posição social, idade, opção sexual, entre outras coisas. O Estado felizmente é laico e dessa maneira eu posso adorar ao meu Deus. Eu posso participar de cruzadas e cultos ao ar livre! Eu posso sair na rua com minha bíblia na mão e posso parar para ler ela em qualquer lugar. Eu posso andar com uma camiseta com mensagens bíblicas e posso escrever livremente (se com respeito) em meu blog a respeito do assunto! E se eu posso todas essas coisas, você pode ter sua liberdade também. Seja quem quer que você é. Mas, respeite-me também.
"Ah, mas existem muitos crentes que não respeitam e que nos odeiam"
Eles não representam a todos os cristão, tampouco representam a Cristo. Representam a si mesmos e suas ideologias. Infelizmente utilizam Cristo e a bíblia muitas vezes. Eu até gosto deles, de algumas coisas que falam, o quanto são inteligentes e o quanto buscam o que acreditam, apenas não concordo com eles, mas os respeito. Então, vamos lutar para que essa hipocrisia das pessoas que vivem brigando por respeito e não sabem respeitar se finde! Eu tenho poucas esperanças. O remédio para tudo isso seria principalmente ficar calado e simplesmente, saber respeitar, e as pessoas não conseguem nem se calar, que dirá respeitar!? Enfim, quis expressar minha opinião. Expressei. Se você concorda, ok. Se não, ok. Só, me respeitem ok? 
Fiquem com Deus, até o próximo post! Bye :)


2 comentários:

  1. Ainda bem que você não se segurou e expressou sua opinião, Aczar. E expressou-a maravilhosamente. Concordo com tudo que você escreveu e obrigada por compartilhar conosco seus pensamentos válidos sobre a importância do respeito para com todo ser humano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada você pela visita aqui, Luana! E pelo comentário, pelo apoio e pelo incentivo.
      Abraço!

      Excluir

Deixe aqui seu comentário! o/

P.S.:¹ Leia o post antes de comentar :D
P.S.:² Seja sempre respeitoso e educado, ou seu comentário será removido. :B