A seleção - Resenha

Oi gente!!
Eu hoje vou fazer a resenha do livro A seleção da Kiera Cass.
Esse livro, para começar, tem uma das capas mais bonitas que todos já viram. Eu já o vi em diversos vídeos de TAG's no youtube que o pessoa coloca ele como uma das capas mais bonitas. O livro também é de um material muito bom, como todos os livros da Editora Seguinte. O livro tem orelha; a orelha da frente tem um pequeno resumo da estória e a de trás tem uma pequena biografia da autora. As folhas são amareladas, o que eu gosto muito pois não cansa a vista. O livro tem 361 páginas no total, contando com os agradecimentos.




Agora, resumindo a estória...
América, a protagonista do livro, mora em um 'estado americano da China' chamado Ilhéia, que é na verdade um país, jovem. Ele é dividido por castas, da casta um até a casta oito. América é da casta cinco. A casta dos artistas. Eles ganham pouco, tem quatro castas acima deles e a renda depende do período do ano. América, por exemplo, é cantora, e ganha mais (inclusive gorjetas) em períodos festivos, como o natal. Ilhéia é um país regido pela família real; um país monarca. O rei tem um filho, chamado Maxon, completou idade para casar, mas como não conhece muitas mulheres em sua "vida real" o rei organizou um evento chamado "A seleção" em que de todas as castas 35 moças serão selecionadas para passarem uns dias na casa da família real e assim o príncipe Maxon escolher uma delas para ser a esposa dele.
América tem um amor secreto, que é de uma casta inferior, a sexta. Por isso, é secreto. A família dela jamais aceitaria uma pessoa de uma casta inferior.
Por esse motivo a América não quer participar da seleção, mas o Aspen, o amor secreto, insiste que ela participe, então ela vai e se inscreve, na esperança de não ser selecionada.
Mas, como todos já sabem, sim, ela foi selecionada e quando entrou na casa da família real ela conheceu suas 34 concorrentes e o príncipe Maxon, que ela a princípio não suportava, mas viu que ele não era nada daquilo que ela pensava.



- Opinião:
É um livro muito envolvente. Bastante. Eu comecei com a expectativa de que seria um livro legal, mas sem muito esperança de me envolver com a estória e os personagens e ficar querendo saber mais (odeio me decepcionar), mas foi justamente o contrário. Eu comecei a ler e enquanto ia lendo, ia querendo saber mais (e tô querendo saber mais ainda, agora... hehe). A princípio eu gostei bastante de Aspen, ele era um cara legal, sincero e que realmente amava a América. Mas depois que eu conheci o príncipe, me encantei por ele. Eu já meio que fui avisada de que isso vai mudar no segundo livro, A Elite, mas mesmo assim, estou apaixonada pelo Maxon. Senti um pouco de raiva da América em determinada parte do livro, que ela está se dando super bem com o príncipe e começa a se encontrar com o Aspen (não é Spoiler), daí eu fiquei um pouco chateada com ela e tenho o leve sentimento de que me abusarei ainda mais com ela em A Elite. Por hora, estou amando. De verdade.



Entrei em uma ressaca literária depois que li esse livro e ainda não consegui concluir nenhum depois dele. Mas, eu vou vencer! (risos) Enfim!
Eu passarei a avaliar os livros com estrelas também, e para esse eu dou... 5 estrelas!



0 comentários:

Deixe seu comentário

Deixe aqui seu comentário! o/

P.S.:¹ Leia o post antes de comentar :D
P.S.:² Seja sempre respeitoso e educado, ou seu comentário será removido. :B