Sobre a vída alheia - Desabafos

Eu avisei na sexta, vocês viram os dois vídeos que saíram (no sábado e no domingo). Se não viram cliquem aqui (sábado) - que é um vídeo sobre umas comprinhas beeeem baratas que fiz da China e aqui (domingo) que é sobre a Maratona Literária de Inverno que estou participando #MLI2017 :D
Anyway, vamos ao que interessa.

Eu tenho várias coisas para escrever por aqui, mas não irei mentir, quero aproveitar meu tempo para investir na maratona de leitura e colocar as leituras em dia.
Mas, para não deixar vocês sem nada hoje, eu quero deixar uma pequena reflexão sobre a vida.

Sabe a vida alheia? Isso mesmo, aquela que não é a sua? Deixe ela de lado. Cuide da sua.
Não falo para você não acompanhar pessoas famosas, gostar delas e querer saber mais sobre a vida delas e sobre os gostos delas, etc. Falo mais da vida do seu vizinho, aquele que você nem gosta mas que faz questão de ficar de olho em tudo o que ele faz, só para criticar depois.
Se você não faz isso ou nunca passou por isso deve tá pensando "mas que absurdo, quem faz isso?!" e eu te falo que gente demais.
Esses dias postei no meu Facebook pessoal um desabafo.
As vezes algumas pessoas procuram saber de sua vida apenas para falar e constranger.
Eu não me importo nem um pouco com isso, desde que isso não afete ninguém ao meu redor.
Chegar para alguém que eu me importo e encher de perguntas constrangedoras me irrita.
Então, gostaria de propagar a noção. As vezes é importante ter noção, saber que as vezes a sua curiosidade deve ser controlada e que nem tudo o que você sente vontade de saber é da sua conta.

Então, acredito que praticamente todo mundo já passou por isso e quem já passou com certeza deve compartilhar desse pensamento.
Tenham uma boa semana e uma excelente noite.
Lembrem-se, amanhã tem vídeo!

Um aviso pra vocês!

Pessoas!
Como vocês provavelmente sabem, faltam 2 semanas para o sorteio do canal, né?
Então, resolvi intensificar as coisas por aqui.
Eu ando meio... fazendo vários nadas da vida né? Estou sem estudar, estou sem trabalhar e só estou ajudando minha mãe com as coisas em casa. As redações que corrijo, as crianças estão de férias né?
Então, nessa intensificada acontecerá o seguinte:
Segundas, Quartas e Sextas haverão posts mesmo no blog. MAS, nas Terças, Quintas, Sábados e Domingos haverão vídeos também!!
Então, para intensificar e para divulgar mais o sorteio terão esses vídeos aí, começando de amanhã!
Espero que tenham gostado da novidade e é isso.
De vez em quando, quando eu precisar de dizer a você algo importante, eu vou fazer um post dedicado a isso, OK?

Deixem comentários com sugestões de vídeos eu farei e vou citar você. Ok?
Para fechar, vou colocar o vídeo do sorteio aqui em baixo de novo! Se você ainda não está participando, vai lá e participa!!


Perigos da Internet | Aleatórios

O quanto a internet afeta tua mente?
Os perigos da internet são incalculáveis!
Você só quer se divertir, passar o tempo...
Mas pode simplesmente ser enganado.
Você corre o perigo de se viciar, corre o perigo de pegar um vírus e destruir o seu computador que pagou caro, corre o risco de fazer compras e ser enganado, corre o risco de ser mal interpretado por alguém que não consegue entender o que as palavras querem dizer.
Você corre o risco de ser xingado, gratuitamente, por um simples comentário.
Corre o risco de ser atacado, xingado, agredido e boicotado porque não concordou com algo.
Por isso que as vezes eu desligo meu 4G, ponho o celular pra carregar, pego um bom livro e vou ler.
Viajar por paraísos imaginários, por histórias diferentes e mundos encantados. Viajo de norte ao sul, as vezes mais acima ou mais abaixo. As vezes me envolvo, rio, choro, amo, me apaixono, me irrito, me consolo... tudo enquanto estou sentada, deitada, virada, de perna pra cima, de perna pra baixo, lendo meu livro.
As vezes vejo filmes também, que limitam um pouco minha imaginação, mas o ponto é, fugir dos males da internet.
Se você puder, de vez em quando, deixar todo esse universo apenas em cima da sua cama ou do criado-mudo, deixe-o. Pegue o livrinho e vá ler. Assista um filme. Converse com quem está ao seu redor, troque ideias e pensamentos.
Passeie sozinho, vá ao cinema também, vá a parques e shoppings, seja suficiente para você. Descubra-se, pense, planeje coisas para seu futuro, se entregue aos seus pensamentos.
Sente numa sombra, deixe o vento bater em seu rosto e assanhar seu cabelo (se você tiver), feche os olhos e só sinta.
Planeje viagens, conheça novos lugares, escreva você mesmo uma história.
A vida pode ser maravilhosa, mesmo quando você não tem a internet na mão a todo tempo.
Boa sorte, boas férias de poucos minutos.



Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban - Eu já li/assisti - Livro e Filme | Resenha

Oie, gente!!
Faz tanto tempo que fiz resenha de Harry Potter aqui, né?
Mas farei mais uma para vocês hoje!
Se você mora num buraco ou acha que HP é coisa do demônio e nunca leu ou assistiu, cuidado que podem haver spoilers aqui, ok? Farei um pequeno resumo dos livros um e dois e depois eu conto a respeito desse. Vamos lá!

(Capa)


O que aconteceu nos livros anteriores? (com spoilers)
Em HP e a pedra filosofal (resenha completa aqui) vemos Harry Potter descobrindo sobre sua vida e o que são todas as coisas estranhas que aconteciam em sua pacata vida na casa dos seus tios. Ele foi levado pelo Hagrid, que a princípio era um homenzarrão apenas, mas que depois se revelou uma pessoa maravilhosa e um dos melhores amigos de Harry, para Hogwarts. Ainda no caminho, no Expresso Hogwarts, ele conheceu seus dois melhores amigos: Rony Weasley e Hermione Granger.
No fim do livro ele consegue resgatar a pedra filosofal que estava sendo roupada pelo vilão Voldemort e salvar todo mundo.
Em HP e a câmara secreta (resenha completa aqui) vemos Harry no seu segundo ano em Hogwarts, depois de ter passado umas férias chatas pra caramba na casa dos Dursley. Ele volta para Hogwarts mega animado para rever os amigos e para aprender mais e mais sobre sua vida e sobre seus pais. O fato aterrorizante que acontece no segundo livro é que tem uma cobra gigante, o Basilisco, que foi colocado em Hogwarts por um dos fundadores da escola e o fundador da casa Sonserina. Essa cobra deixava todas as pessoas que olhavam nos olhos dela petrificadas (literalmente) e daí Harry com seus amigos e com uma ajudinha básica de Dumbledore conseguiram derrotar o Basilisco.

Agora vamos pra o livro três!!! (sem spoilers)
Resumo:
Em HP e o prisioneiro de Azkaban começamos o livro com Harry em casa e ele vê nos jornais que um perigoso homem fugiu da prisão e o nome dele é Sirius Black. Todos ficam horrorizados e assustados com medo do que ele pode causar. Nesse mesmo dia a irmã do Dursley vem visitar e começa a xingar os pais de Harry a ponto de ele transformá-la em um balão. Harry fica com muito medo e foge de casa, onde é ""resgatado"" pelo Nôitibus andante, um ônibus mágico.

(O Nôitibus)


Ele então vai para o Beco Diagonal, onde encontra o ministro da magia, que pede que ele fique por lá até começar as aulas. Lá ele descobre que aquele assassino que fugiu da prisão não pertence ao mundo trouxa apenas, mas ao mundo mágico e que ele fugiu de Azkaban, uma prisão terrível e cheia de dementadores, é um dos aliados de Voldemort e quer pegar ele, Harry.
Na ida para a escola, no Expresso Hogwarts, um dos dementadores invade o trêm e faz Harry sentir uma sensação terrível a ponto de desmaiar, sorte que o novo professor de defesa contra arte das trevas o salva, Remo Lupin.

(Harry conversando com o professor Lupin)


Dando uma resumida mais ampla: Em uma partida de quadribol o dementador faz Harry cair e a vassoura dele é destruída pelo salgueiro lutador; Harry pede ajuda ao professor novo para se livrar dos dementadores e começa a aprender o feitiço do patrono; Os gêmeos Weasley dão a Harry o Mapa do Maroto, e ele descobre todas as passagens secretas de Hogwarts e inclusive vai sem autorização a Hogsmead; Lá eles descobre muitas coisas sobre o novo professor, sobre o Sirius Black e sobre o rato de Rony.

(Professor Lupin e Sirius Black - já no final)


Opinião:
Sinceramente esse foi um dos livros que mais gostei desde o início! Esse livro tem coisas muito legais. Tem a primeira vez que conhecemos o patrono, tem a primeira vez do mapa do maroto, tem quando descobrimos sobre animagos, vira-tempo... e descobrimos muitas muitas coisas sobre o passado dos pais de Harry. Obviamente acontece aquela desgraça final de praxe, e você provavelmente já sabe que deu tudo certo e Harry voltou para passar as férias na casa dos Dursley, mas não direi mais detalhes. haha

(Harry e o Hipógrifo)


Gostei demais, não tenho nem o que falar muito.
Dei 5 estrelas para esse livro.



Sobre os aspectos físicos do livro:
O livro é como os outros (eu agora tenho uma coleção nova, em uma edição legal, mas não li nela). A capa tem tudo a ver com o livro; vemos parte do que aconteceu, o Bicuço, um animal fantástico que foi sentenciado a morte após atacar Draco, que o havia provocado, juntamente com Hermione, um ratinho fugindo (que é o rato de Rony) e dementadores por todos os lados. Eu achei a capa muito legal!

(A ilustração completa da capa)


A letra e o espaçamento são iguais aos outros livros, tudo ótimo. As páginas continuam brancas.
Dei 4 estrelas por as páginas serem brancas, rs.



Sobre o filme:
O filme é bem feito, mas a partir de a câmara secreta ele já começou a ficar menos fiel ao livro; contudo, ele continua sendo um filme bom e contando a mesma história finalmente, apenas corta algumas partes que tem no livro. Não tira a qualidade em nada, apenas deixa de ser um pouco melhor, como seria caso fosse 100% fiel ao livro. Eu gostei bastante do filme também e também é um dos meus preferidos, apesar de ter um tom mais macabro do que acho que o livro é.

(Hermione, Harry e Rony na aula de Trato de Criaturas Mágicas, prestes a conhecerem o Hipógrifo)


Dei 4 estrelas para a adaptação.




Então, espero que tenham gostado da resenha! Deixa seu comentário em baixo falando sua opinião sobre o livro, caso o tenha lido!
Em breve terá a resenha do Cálice de Fogo! :D

Repensar... | Reflexão - Aleatórios

Quando o tempo passar, quando a vida der suas reviravoltas costumeiras, quando você estiver lá na frente pensando em o quanto diferente você é hoje do que você era há alguns anos, quando todas as suas preocupações e medos não passarem de lembranças e derem lugar a novas totalmente diferentes, aí você talvez percebe o tempo que poderia ter aproveitado diferente, os amigos que deveria ter conservado, o valor que deveria ter dado à família e o quanto o tempo que você perdeu com determinada coisa/pessoa que não valia a pena, jamais voltará.
Todas as suas escolhas, tudo que você faz depende unicamente de você. Você escolhe ser gentil ou babaca, bondoso ou egoísta, sincero ou falso, consciente ou incompreensivo, honesto ou cego.
Repense hoje, todas as suas atitudes, todas as suas escolhas, as coisas que você anda fazendo, o tempo que você tem perdido, para não se arrepender amanhã.
Infelizmente para amadurece temos que levar umas pancadas, dar umas tropeçadas, se arranhar em alguns espinhos e umas quedas no caminho, mas depois de tanta coisa você aprende qual o caminho melhor.
Então, só repensa. Lembre da época em que você era mais feliz. Ou das mil coisas que você tem vontade de fazer e não tem tempo para.
Boa sorte na vida e que Deus seja contigo.

Foto: Fonte